“Agora quem manda já não é o imperialismo, são os índios”, diz Evo

O presidente da Bolívia, Evo Morales, está em viagem oficial na Europa, onde busca fortalecer as relações internacionais com diversos países. Já passou pela Alemanha e nesta segunda-feira (9) está na França, onde fez um pronunciamento. Desde o Norte, afirmou que agora em seu país já não são as transnacionais e os grandes impérios que mandam, mas o povo boliviano.

ABI

Evo garante que até 2020 o nível de pobreza vai chegar a 9%, quando ele assumiu o governo atingia a cifra de 78%Evo garante que até 2020 o nível de pobreza vai chegar a 9%, quando ele assumiu o governo atingia a cifra de 78%

Depois de uma reunião com o presidente francês, Fraçois Hollande, Evo destacou que em seu país agora são os índios quem mandam e que as riquezas já não pertencem ao capital estrangeiro, mas ao povo.

“Os movimentos sociais organizados salvaram a Bolívia”, disse, ao explicar que há recursos naturais, entre eles a água, que não podem ser privatizados.

Segundo o presidente, durante seu governo o nível de pobreza caiu de 78% para 18% e até 2020 este número será de apenas 9%. Justificou que isso só foi possível porque a política passou a ser tratada como um serviço, não como um negócio.

Evo também ressaltou a importância de ampliar a distribuição da riqueza e de lutar contra a pobreza em âmbito mundial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s